fbpx

Saiba como prevenir o câncer de pele

24 de fevereiro de 2020 0
prevencao-do-cancer-de-pele.jpg

No mês de fevereiro tivemos o Dia Mundial contra o Câncer, o qual tem a intenção de conscientizar sobre a importância das práticas que visam a sua prevenção ou detecção inicial, aumentando as chances de cura.

Existem diferentes tipos da doença, e de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de pele é o tipo mais frequente no Brasil e no mundo, por isso escrevemos este artigo falando um pouco mais sobre o assunto e sobre as maneiras de prevenção. Fique alerta!

Tipos de câncer de pele

Estudos indicam que há dois tipos de câncer de pele: o não melanoma que ocorre com maior frequência e é menos grave, e o classificado como melanoma, considerado mais raro e mais agressivo. Ambos são possíveis de prevenir e são curáveis quando identificados no início. É primordial conhecermos o nosso corpo e estarmos sempre atentos a alterações. No caso do câncer de pele fique alerta diante do surgimento de manchas e pintas, e alterações em suas formas, cores e tamanhos. Além disso, feridas que não cicatrizam merecem um olhar cuidadoso. Na dúvida, sempre procure seu médico de confiança para uma avaliação mais precisa.

O sol, o verão e o câncer de pele

O maior fator de risco para o desenvolvimento de qualquer um dos tipos de câncer de pele, é a exposição frequente ao sol, por isso muitas campanhas ocorrem durante o verão, já que os raios estão mais intensos e as atividades ao ar livre aumentam. No entanto os cuidados e a atenção devem ocorrer durante o ano todo, na primavera, no outono e também no inverno, mesmo em dias nublados, ou que aparentemente só tenha aquele “mormaço”.

Sabemos que o sol é importante para a saúde humana, principalmente no que diz respeito à biossíntese e absorção de vitamina D, por isso não é uma solução não tomar sol, mas sim ter sempre em mente as orientações que tornam essa exposição segura. Especialistas indicam que para essa finalidade, 15 a 20 minutos de exposição diária são suficientes.

Para aproveitar os benefícios do sol sem perder a saúde de vista, primeiramente evite a exposição em excesso, e procure não se expor das 10 às 16 horas, período em que a radiação está mais intensa. Utilize sempre um filtro solar de qualidade no rosto e no corpo todo, FPS 30 ou mais, e que possua amplo espectro de proteção UVA e UVB. A escolha do produto deve ser feita de forma cuidadosa, garantindo a sua eficácia. É fundamental reaplicá-lo a cada duas horas, ou sempre que for necessário, após mergulhar ou suar (mesmo que o produto for à prova d’água).

Se estiver de férias na praia por exemplo, provavelmente estará na areia no horário de sol intenso. Para sua maior segurança, além do uso do filtro solar, procure permanecer debaixo do guarda sol, utilize óculos de sol também com lentes de proteção, bonés e chapéus. Roupas com proteção UV ou de algodão também são uma boa alternativa. Procure aproveitar a água do mar ou piscina, bem cedo ou no finalzinho da tarde.

Além do filtro solar de uso tópico, o qual é indispensável ao longo do dia todo, é possível também reforçar a proteção cutânea a partir do uso de fotoprotetores orais, normalmente ricos em antioxidantes que favorecem a redução dos danos provocados ao DNA das células.

Caso você passe o dia todo dentro de locais fechados, com luzes artificiais, é importante que você mantenha o uso do filtro solar, evitando manchas e o aumento da produção de radicais livres, no entanto, dermatologistas entendem que não há relação entre esse tipo de luz com o desenvolvimento de câncer de pele.

Fuja das câmaras de bronzeamento artificial

Embora a Agência Nacional de Vigilância Sanitária tenha proibido esse método, ainda existem regiões que o utilizam de forma ilegal como alternativa para as pessoas que buscam uma pele com um tom mais uniforme. Pesquisas afirmam que esse procedimento não oferece nenhum benefício para a saúde e para a pele, e pelo contrário, aumenta em até 75% os riscos do desenvolvimento de câncer de pele em seu tipo mais grave, o melanoma. Sendo assim, fique longe desse tipo de procedimento.

Reforce a proteção através da alimentação

Além de todos os artifícios que auxiliam na proteção contra a radiação solar, a alimentação não poderia ficar de fora. Existem sim alimentos, que juntamente com os outros métodos explicados neste artigo, ajudam a proteger a pele dos danos provocados pelo sol. O tomate que é rico em licopeno, um carotenoide que auxilia na reparação de danos na pele; o aspargo que é rico em vitamina E; a batata doce, fonte de betacaroteno; e a cenoura, também rica em carotenoides benéficos para as células. Alimentos fáceis de encontrar e de incluir na sua rotina.

 

Fonte: Instituto Oncoguia.

 


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

onze + 5 =




Ganhadora do prêmio Empresa brasileira do ano pelo Latin American Quality Institute.

Há mais de 38 anos comprometida com a saúde e bem-estar das pessoas.

Razão Social: YUKIKO ETO CIA LTDA
CNPJ: 47513205000134

Posts Recentes

Byofórmula © Copyright 2020